Um adepto assíduo

A nossa equipa

Que equipa maravilha
Me havia de calhar 
Tenho o Tiago e o Luis
Para nenhuma bola entrar

Temos o Nelson a mandar
E as vezes a jogar
O Ferro e o Tó Jó
Acabados de regressar




O Carlos a defender
E o Marcio ajudar
O Ricardo Alberto a bombardear
E o Paulo a marcar

O meu Tiago a jogar
Quando não tem que trabalhar
Nesses dias no seu lugar
Vai o primo Nuno brilhar

Rui Raposo

1 comentário:

gonçalo valente disse...

grande zó poeta